>Dermatite de Fraldas

Dermatite de Fraldas | Converse com um Dermatologista

A saúde e a qualidade de vida dos nossos filhos é motivo de preocupação frequente entre mulheres e mães. Por isso, a importância de se conhecer uma doença que frequentemente acomete bebês, chamada Dermatite das Fraldas.

Geralmente, essa dermatite, se apresenta em grau leve, causando apenas um pequeno desconforto para o bebê.

Dermatite de FraldasPorém, em alguns casos, pode evoluir com lesão importante da epiderme (camada superior da pele), trazendo desconforto, irritabilidade e dor intensa para o bebê. Além disso, caso não seja prontamente tratada, infecções secundárias por fungos ou bactérias sobrejacentes as lesões podem acontecer, exigindo tratamento específico. A nossa clínica conta com dermatologistas que podem ajudar você a saber mais sobre isso.

Quais os fatores que desencadeiam a dermatite?

A Dermatite das Fraldas é uma dermatite por irritação primária desencadeada por vários fatores e não apenas pelo contato da fralda com a pele (como o nome sugere). O principal fator desencadeante é o contato da pele com a urina e com as fezes. A urina ocasiona uma hiper-hidratação da camada mais externa da pele, o que aumenta a suscetibilidade do tecido aos efeitos da fricção, diminuindo a tolerância ao cisalhamento e à pressão (abrasão mecânica). As fezes apresentam efeitos ainda mais irritantes, devido a presença de enzimas fecais, como, as lipases e as proteases. Essas enzimas fecais agem toxicamente sobre a pele, levando à sensibilidade e/ou erosão.

Como evitar o problema? | Dermatologista para bebês e crianças

Algumas medidas são essenciais para prevenção dessa dermatite. Uma delas, é trocar frequentemente a fralda, principalmente se houver presença de fezes. Em dias quentes, onde a sudorese local torna-se um fator agravante a atenção deve ser redobrada. O atrito na hora de realizar a higiene também deve ser o mínimo possível. É recomendado, a fim de minimizar o atrito, o uso de água morna e algodão até os 3 meses de idade. Isso porque a água e o algodão, apresentam menor potencial irritante que os lenços umedecidos.

O uso de pomadas protetoras é indicado pois protege a pele pela formação de uma camada com efeito de barreira. A pomada protetora deve ser removida por completo apenas no banho, quando a pele fica mais tempo em contato com a água e com uso de sabonete específico. Pomadas com medicamentos associados devem ser evitadas, dando preferência para pomadas apenas com substâncias preventivas.

A orientação de um(a) dermatologista é essencial. É necessário seguir todas as dicas que o médico dará para você, assim você previne que a doença agrave com o passar do tempo.

Tome cuidado com os lenços umedecidos

Produtos usados na higiene do local, como sabonetes excessivamente perfumados ou lenços umedecidos perfumados podem agravar ainda mais o quadro e causar uma dermatite de contato. A dermatite de contato aos produtos usados na higiene é um diagnóstico diferencial possível, ou pode atuar como fator desencadeante, estando, neste caso, associada a dermatite da fralda. A dermatite de contato ao “tecido” da fralda é incomum, mas em quadros refratários esse diagnóstico deve ser excluído.

Outras situações e doenças que podem ser relacionadas

Em determinadas situações, como introdução de novos alimentos, uso de antibióticos, quadros de diarreia (situações que podem alterar o ph das fezes) o risco dessa dermatite irritativa torna-se maior.

Outras doenças como intolerâncias alimentares (alergia à proteína do leite de vaca, intolerância a lactose a ao glúten) e deficiência de vitaminas específicas (exemplo o zinco) podem simular ou se apresentar em associação com essa dermatite. Infecções bacterianas e fúngicas podem se sobrepor ao quadro da dermatite das fraldas, exigindo tratamento específico.

Procure um dermatologista

dermatologista em florianopolisDiante de um quadro leve e inicial, é recomendado que se revise todas as medidas acima. Caso haja progressão do quadro e piora do mesmo, apesar de todos os cuidados preventivos a avaliação médica é essencial. Procure um dermatologista para crianças e bebês para assegurar-se que seu filho(a) estará em boas mãos.

Dicas para evitar manchas vermelhas na pele | Dermatite de Fraldas

  • Preferencialmente, deve-se realizar a higiene da pele com água e algodão até os 3 meses de idade. Após os 3 meses de idade, substituir o algodão e a água pelo lenço umedecido. Escolher um lenço próprio para pele de recém-nascido e sem perfume.
  • Fazer a higiene com movimentos suaves e delicados (sem fazer fricção ou esfregar a pele).
  • Após a higienização, sempre secar completamente a pele. A secagem deve ser realizada com pano macio, apenas comprimindo o mesmo sobre a região suavemente (sem fazer fricção ou esfregar).
  • Após a secagem completa da pele, aplicar uma camada moderada de pomada preventiva. Não tentar remover por completo a pomada nas trocas subsequentes.
  • Evitar o uso sem prescrição médica de pomadas com medicamentos (por exemplo com nistatina, com dexametasona, com mometasona, entre outros).
  • Realizar a troca da fralda em intervalos de no máximo 3 horas. Na presença de fezes, realizar a troca de imediato.
  • Aumentar ainda mais a frequência de troca em dias quentes, na presença de diarréia, e em situações de umidade que propiciam maceração da pele (como praia ou piscina).
  • Estar atento a fatores desencadeantes da dermatite, como uso de antibióticos, introduções alimentares, etc.
    Aos primeiros sinais de vermelhidão, revisar as medidas acima.
  • Se o quadro for leve aplicar uma camada mais generosa da pomada preventiva que já vem em uso. Lavar a região com sabonete neutro 3x dia. Ventilar a região após as lavagens por 15 min.
  • Caso não regrida em 5 dias ou haja piora do quadro, apesar das medidas acima, procurar orientação médica.

Gostou deste post? Clique aqui para ler nosso último post sobre botox.

Lis Dermo Plástica


O objetivo desse post é ajudar pessoas a terem uma pele mais saudável e com aspecto jovem e revigorado. Se você acha que está precisando de algum procedimento estético facial ou gostaria de mais informações sobre cuidados com a pele, estética e beleza, procure um especialista , curta nossa fan page no Facebook  e siga-nos no Instagram para acompanhar nossas atualizações!

  Sobre Lilian de Luca Maciel

Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia
CRM/SC 13652 RQE 8191
• Graduada em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul- PUCRS-Porto Alegre/RS. Conclusão: Dezembro de 2006.
• Especialista em Dermatologia, tendo realizado Residência Médica em Dermatologia no Hospital Federal de Bonsucesso- Rio de Janeiro/RJ. Conclusão: Janeiro de 2010.
• Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.
• Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

2017-11-24T02:25:08+00:00

About the Author:

Dra. Lilian de Luca MacielEspecialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia
CRM/SC 13652 RQE 8191
• Graduada em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul- PUCRS-Porto Alegre/RS. Conclusão: Dezembro de 2006.
• Especialista em Dermatologia, tendo realizado Residência Médica em Dermatologia no Hospital Federal de Bonsucesso- Rio de Janeiro/RJ. Conclusão: Janeiro de 2010.
• Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.
• Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Leave A Comment

Fale Consoco
Marcar Consulta