>Prótese abaixo ou acima do músculo – Qual é a melhor opção?

Prótese de mama. Abaixo ou acima do músculo – Qual é a melhor opção?

A Cirurgia plástica nos seios, seja ela de aumento ou redutora, é uma das cirurgias com maior demanda no Brasil e no mundo.

A glândula mamária localiza-se na frente do músculo peitoral. Sabe-se que a prótese pode ser colocada em duas diferentes posições: atrás da glândula mamária (que seria na frente do músculo peitoral), ou atrás do músculo peitoral. Existem diferenças no resultado, dependendo de onde a prótese for colocada.

Muitas mulheres que já pesquisaram sobre a cirurgia podem ter dúvidas sobre onde a prótese de silicone deve ser implantada. “Eu deveria colocar minha prótese sob a glândula mamária ou sob o músculo?”

Nenhuma técnica é melhor que a outra. Para cada paciente uma análise da sua estrutura corporal deve ser feita para escolher a melhor opção. A técnica de implante sob a glândula, chamada sub glandular, onde a prótese fica na frente do músculo, é a mais comumente utilizada. Tem a vantagem de possuir menor trauma cirúrgico, pelo procedimento ser mais simples e não necessitar mexer ou descolar o músculo peitoral, tendo menor sangramento e é o procedimento que causa menos dor após a cirurgia de mama. Uma das desvantagens é que nem toda mulher possui uma quantidade boa de tecido mamário para recobrir a prótese, o que pode deixá-la com o formato mais arredondado e aparente, uma vez que a única cobertura será a glândula mamária e a pele. A técnica subglandular é ideal para pacientes que possuem um pouco mais de seios, assim a cobertura será melhor, proporcionando um resultado mais natural.

cirurgia mamaria de protese de siliconeA técnica de colocação abaixo do músculo é um pouco mais complexa, requer o descolamento do músculo peitoral, maior tempo de cirurgia, e a recuperação pode mais dolorosa. Essa técnica possui a vantagem de possuir dupla cobertura para a prótese, com o músculo e a glândula mamária, dando um resultado mais natural na parte superior, uma vez que a prótese fica mais escondida por esta dupla camada. Assim, em pacientes muito magras e sem nada de glândula, o músculo evita que o formato fique como duas “bolas” no seio. A técnica submuscular é a melhor opção para pacientes que possuem muito pouco seio, com o tórax mais reto e que precisam de maior cobertura para a prótese. Esta técnica possui a menor taxa de contratura capsular, que é um fenômeno que pode ocorrer a longo prazo no pós-operatório. Outro cuidado a ser tomado, em relação à essa técnica submuscular, é com pacientes que realizam atividades físicas com peso nos braços. Como a prótese está sob o músculo, ao realizar atividades com o músculo peitoral, a prótese será comprimida pela musculatura, podendo causar certo incômodo, e vale a pena enfatizar que a taxa de deslocamento da prótese é maior com a técnica submuscular do que com as outras.

Leia mais sobre Contratura Capsular

Há ainda outra maneira de implantar uma prótese, a técnica sub fascial. Entre a glândula mamária e o músculo peitoral, existe a fáscia, um tecido esbranquiçado e firme que cobre o músculo. A técnica de colocação da prótese sob a fáscia foi desenvolvida recentemente. Essa técnica tem a vantagem de garantir dupla cobertura à prótese (com a glândula e a fáscia), e sem a desvantagem de precisar descolar o músculo. Assim, a técnica sub fascial é o plano intermediário entre a técnica sub glandular e a sub muscular, possuindo as vantagens da dupla cobertura mas sem as desvantagens do descolamento submuscular.

Ficou claro por que uma técnica não é a ideal para todos os pacientes, e por que cada paciente merece uma atenção individual e análise rigorosa do seu tipo físico, sua rotina e quais são suas expectativas para que possua um resultado melhor? A consulta com um cirurgião plástico é essencial, assim ele poderá lhe ajudar a escolher qual técnica é melhor, sob o músculo, sob a glândula ou sob a fáscia. Procure um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica que tenha experiência e possa lhe explicar todas as vantagens e desvantagens de todas as técnicas, e também possa te guiar na escolha de onde será feita a incisão para melhor esconder a cicatriz.

Leia nossa última postagem e fique por dentro das dicas sobre a prótese de mama.

2017-11-17T17:03:50+00:00

Dra. Lara de Luca Maciel Schüler é cirurgiã plástica especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)
Membro Titular da SBCP, CRM/SC 14346 e RQE 7678.
Graduação em Medicina Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.
Residência Médica em Cirurgia Geral Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre integrada com a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.
Residência Médica em Cirurgia Plástica Hospital Federal de Ipanema – Ministério da Saúde – Rio de Janeiro.

Leave A Comment

Fale Consoco
Marcar Consulta